Notícias
Ozires Silva é nomeado

Ozires Silva é nomeado “Lenda” em universidade norte-americana

 

O Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), um dos mais importantes e tradicionais  centros de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia aeroespacial dos Estados Unidos, homenageou o pioneiro da indústria aeronáutica brasileira.

 

O Engenheiro Aeronáutico e Coronel Aviador Ozires Silva entrou para a recém criada galeria das Lendas dos Laboratórios Aeroespaciais de Pós-Graduação do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Galcit, na sigla em inglês). O reconhecimento se deve ao impacto “amplo e significativo” que o trabalho dele teve não apenas no Brasil. O fundador da Embraer foi escolhido para fazer parte do grupo inicial de Lendas do Galcit devido às suas contribuições internacionais para a indústria aeroespacial, além da ampla liderança que ele teve em outras áreas - públicas e privadas - durante toda a sua carreira.

 

Não houve um processo de indicação. O nome de Ozires Silva chegou ao diretor do Galcit, Mory Gharib, como resultado de discussões com profissionais que atuam na indústria privada e na academia.  Ao lado do brasileiro, aparecem outras cinco personalidades, de diferentes nacionalidades, que formam a Galeria das Lendas. 

Em comum, todos têm em seus currículos passagens pela instituição de ensino. Ozires Silva foi aluno de mestrado, formando-se em 1966. Dois anos depois, ao lado de um grupo de pioneiros, construiu e voou o primeiro protótipo do avião Bandeirante. A aeronave deu origem à Embraer. 

 

Além da criação de um dos maiores fabricantes de aeronaves do mundo, Ozires Silva foi Ministro da Infraestrutura e liderou a transformação pela qual passou o setor de telecomunicações no Brasil, nos anos 1990, com a ampliação da rede  de telefonia fixa e a entrada em operação da telefonia celular. Antes disso, presidiu a Petrobras entre 1986 e 1988.

 

Prestes a completar 88 anos, Ozires Silva continua em plena atividade. É membro do Conselho do Grupo Ânima Educação, proprietário da Universidade São Judas Tadeu, e é presidente de honra da Invoz, associação sem fins lucrativos para promoção da educação, cultura e empreendedorismo. Entre os trabalhos que ele vem liderando, está a busca por um novo local para a instalação do Museu Asas de um Sonho, popularmente conhecido como Museu da Tam, fechado desde 2016 e que corre o risco de ter seu acervo de aeronaves - algumas raras e outras em condições de voo - perdido. 

 

Informações para imprensa

Rui Gonçalves - ruigoncalves.jornalismo@outlook.com - 12 988 922 944